Aladim, O Gênio e o Sucesso

Nova versão da estória de Aladim esteve em cartaz no cinema recentemente. A estória oriental se internacionalizou e passou a fazer parte do imaginário infantil de várias gerações. Aladim encontra uma lâmpada mágica onde vive aprisionado um gênio. Esse gênio poderoso detém o dom de conceder desejos, embora não possa realizar o seu maior anseio, ser livre.

Quem em criança não imaginou ser Aladim para evocar o gênio e realizar seus desejos mais impossíveis? Quem não se pôs a selecionar criteriosamente os três únicos desejos disponíveis? Bons tempos aqueles em que nos permitíamos sonhar sem limites… agora somos crescidos e tudo mudou. O bom senso e as circunstâncias externas impõem limites até mesmo aos nossos sonhos. E mais que nunca temos que usar de critérios objetivos na escolha dos desejos possíveis nos quais focaremos nossa energia.

Um desejo recorrente no discurso adulto é obter o sucesso. E o que é o sucesso, essa coisa fluída que quando é quase alcançada se esquiva e faz com que tenhamos que passar a vida pisando em sua sombra, sem nunca alcançá-la realmente? Pode ser trilhar uma carreira profissional, constituir uma família, ou tão somente ter um belo corpo esculpido na academia. Qualquer um desses objetivos demandará comprometimento constante.

Então qual é a resposta? Cada um tem a sua, e nada é definitivo. Mas talvez seja o caso de resgatar o gênio que habita nas reentrâncias das nossas recordações infantis e retomar as negociações com ele. Avaliar o que realmente importa para além dos padrões sociais expostos nas telas da tv e dos celulares. Trazer à tona os desejos reprimidos, aos quais não ousamos ouvir ou desejar por nos parecerem inadequados ou proibitivos.

A lâmpada é nosso inconsciente e o gênio aprisionado, uma parte inacessível de nós mesmos. Precisamos apenas acessar essa lâmpada para libertar esse gênio, guardião do arcabouço de inúmeras possibilidades desconhecidas. Veremos que certos acontecimentos estão mesmo além do nosso controle. Porém, livres para expressar os desejos que calamos no nosso íntimo, à luz da razão, podemos encontrar outras fontes de realização mais condizentes com nossas qualificações e expectativas.

​Fernanda P. Valente
CRP: 05-51891

Fechar Menu
Precisa de ajuda ?
Olá !!!
Podemos ajudar ?
Powered by